Casamento na cor living coral

Que nós adoramos o assunto de tendências para casamentos todo mundo já sabe, e nosso primeiro post para esse ano que já chegou arrasando, será sobre a cor lançada pela Pantone. E se em 2018, nós ficamos encantados com o cósmico e misterioso Ultra Violet, que invadiu os casamentos, esse ano vamos para o fundo do mar, com a influência dos peixes e corais, que trazem aquela sensação de suavidade e ao mesmo tempo é vibrante, ou seja, a combinação perfeita para o dia a dia. Que cor mais linda, gente!

Esqueça a ideia de que o coral não pode ser usado pelas mais básicas , você não precisa ser super ousada pra escolher essa cor! O Living Coral é democrático e se encaixa em qualquer mood, justamente por ter um fundo pastel e mais clarinho. A cor de 2019 pode estar presente em pequenos detalhes do look da noiva ou como protagonista do visual. Para as mais discretas, a aposta é a cor coral no sapato ou em acessórios. Já para as mais ousadas, o living coral pode ser utilizado no próprio vestido de noiva. Portanto, fica aí a grande dica para as noivas de 2019: que tal colocar a cor no seu casamento?

Para as noivas que setem dificuldade em criar paletas de cores que combinem com essa cor linda de 2019, aí vai algumas inspirações:

Eu amei, e vocês?

Organizando seu casamento

Ele te pediu em casamento e você disse sim, e agora? A parte mais difícil vocês já conseguiram, acreditem nisso meninas, rsrsrs.

Conheço muitas meninas, inclusive amigas que ficaram noivas e não sabem bem como começar a listar todas as coisas que devem procurar e como detalhar os itens dessa lista, qualquer noiva começaria a pirar porque além da casa e casamento, vem os documentos do civil, noivado, chá de (cozinha, bar, lingerie), jantar de padrinhos, lua de mel e ainda tem algumas que querem entrar em uma dieta (rs).

Realmente são muitos itens para se listar, e muitas noivas tem colocado isso como uma dor de cabeça e um obstáculo para chegar até o grande dia, parece que fica mais difícil, então além das dicas, lhe daremos um conselho, que diria ser o mais importante a ser seguido. Vocês passam meses, ou até mais de um ano se organizando, então aproveitem cada momento dessas escolhas e preparações, porque a festa em si dura poucas horas. Trate esses momentos de preparativos como se fizessem parte do seu grande dia.

O primeiro erro da maioria das noivas que conheço é marcar a data do casamento para daqui a 6 meses e achar que vai da tempo de fazer tudo sozinha sem ajuda de uma cerimonialista. Claro, que todos os casos tem exceções, se você for podre de rica, não tem problema algum, rsrs, mas para meros mortais como a grande maioria incluindo eu, aconselhamos que comece a procurar fornecedores com 1 ano de antecedência.  Esse tempo é importante para o casal se preparar emocionalmente e financeiramente para as grandes mudanças que irão ocorrer.

Quanto mais tempo você tiver para organizar o casamento, melhor.

 O ditado “Tempo é dinheiro” cai bem aqui, pois planejando com antecedência você consegue:

  • Melhores negócios com os fornecedores;
  • Escolher lugares antes das reservas se esgotarem;
  • Agendar visitas, reuniões e;
  • Acima de tudo: pesquisar com calma.

 

 

Não aconselhamos a fechar contrato com fornecedores com muito tempo de antecedência (tipo, 2 a 3 anos ) por vários motivos, a decoração é uma delas, tipo, seu gosto pelo estilo de decoração pode mudar, a cor, estilo de flor e etc. A mudança no horário do casamento também mudaria significativamente muita coisa, hoje está super em alta casamento de dia, coisa que não acontecia de forma alguma quando casei. O vestido de noiva está entre os mais aptos a mudanças, a moda muda rapidamente, todo dia surge um vestido mais lindo que outro, geraria uma frustração se você já tiver encomendado o seu.  O que aconselharia as noivas que gostam de se organizar com antecedência seria criar uma conta no banco e se organizar financeiramente, e quando chegar próximo da data prevista você estaria bem organizada e estruturada.

Cada tipo de casamento demanda diferentes logísticas de organização e fornecedores com estilos diversos , e  o orçamento será montado em cima do estilo escolhido, por este motivo a escolha do estilo é tão importante . Deseja fazer o estilo mais tradicional? Vai ser um  casamento na praia, com um estilo mais descolado? Vai ser um casamento na serra? Um mini wedding? Ou um Elopement?. Para aqueles casamentos mais tradicionais ainda existem as ramificações( clássico, rústico, minimalista, boho chic, bulcólico, vintage, temático, industrial, tropical)

Converse com seu noivo abertamente sobre o orçamento de vocês e as reais possibilidades de vocês. Leve em conta a renda do casal e a possível ajuda dos pais de ambos para estabelecer a quantia que será investida. Na época quando casei ainda tinha resquícios daquela regrinha de ” o pai da noiva paga a conta”, mas ambos os pais tanto da noiva quanto do noivo ajudaram no orçamento. Ter esse conhecimento lhe ajudará a definir as prioridades e descartar os supérfluos. Um dos principais fatores de separação de casais são as dívidas. Casamento que se inicia com contas elevadas e fora de controle dificilmente irá durar. Você, provavelmente, já ouviu muitas vezes que casar é caro. Mas a verdade é que com tantos estilos e propostas de evento é possível realizar um casamento lindo e que se encaixe perfeitamente no valor que você e seu noivo podem gastar. Ao definir um valor total, comece a estabelecer também quanto vocês estão dispostos a pagar a cada fornecedor. Crie Planilhas Orçamentária ( para baixar a sua )e comece pesquisando muito!

Sábado é sempre o dia mais requisitado, já que é o dia em que os convidados têm sempre maior disponibilidade e no dia seguinte, a maioria pode descansar. Porém, por ser o dia mais procurado, o sábado é também o dia mais caro e por este motivo cada vez mais noivos optam por casar na sexta-feira ou inclusive, num domingo. Para facilitar achar datas disponíveis,aconselhamos que primeiramente escolha o mês que deseja se casar, para então pesquisar com fornecedores a datas disponíveis.

Existem maneiras interessantes de você fazer a lista de um casamento barato sem se estressar. Vamos à elas:

  • Evitar fazer listas separadas, pois isso geralmente acaba aumentando o número de convidados;
  • Ser bastante sincero com os pais, pedindo que chamem apenas amigos muito próximos para o “casamento com pouca grana”;
  • De dentro pra fora: comece pela família imediata (irmãos, pais e primos, tios com quem tem bastante contato), os amigos mais próximos e depois pense na família mais distante ou colegas de estudo e trabalho.

Você vai ver que a lista de convidados vai aumentar rapidinho!

A gente também sugere que você liste todo mundo que quer convidar e depois vá cortando, de acordo com a proximidade que vocês têm com aquelas pessoas.

 

Na maioria dos eventos, o auxílio de uma assessoria é um item indispensável. Estes profissionais além de conhecimento de mercado, vão auxiliar a encontrar os melhores fornecedores dentro do orçamento estipulado.  É possível organizar um casamento só? Sim, entretanto é bem mais difícil para você que possivelmente nunca casou ou organizou festas anteriormente. Diante disso, eu sugiro que você contrate uma boa cerimonialista pra te ajudar com essa tarefa. Algumas sugestões de cerimoniais:

Raquel Benevidez    |   Raquel Nogueira   |    Lorena Bastos

Samara Vidal  |   Kathya Lucas   |  Jessica Paixão

Detalhes finais sempre aparecem, então sempre fique de sobreaviso para qualquer imprevisto que possa acontecer. Recomendo deixar uma certa quantia em dinheiro com a cerimonialista para emergências de última hora.

 

Um recurso que auxilia a noiva em tudo e a deixa mais segura sobre a organização do casamento é o Check List. Tendo uma assessora ou não, estas listas indicam exatamente tudo o que a noiva precisa contratar e servem de ajuda para ver o que falta.

O estilo da cerimônia é quem vai definir o local, um dos principais itens a ser pensado com certa antecedência. “Ter a estimativa do número de pessoas que você quer que estejam na sua festa é primordial.

Vai casar no civil antes?

Caso você queira, pode casar antes no cartório e já adiantar algumas coisas. Tente fazer isso pelo menos uns 3 meses antes da cerimônia religiosa, caso ela aconteça. para saber mais sobre casamento no civil, só clicar no link (casando no civil)

A organização do casamento é um grande projeto. São tantas tarefas e pequenos detalhes que as noivas se sentem perdidas, a organização não pode virar um pesadelo e você se não precisa se desesperar por isso, Pelo contrário. Confie nos seus fornecedores. Dê espaço para eles criarem! Muitas noivas acham que podem fazer absolutamente tudo, e na verdade esse controle é muito estressante. Assegure-se de que eles entenderam a ideia do que você quer e de que eles são profissionais competentes, e depois delegue. É muito legal ser surpreendida com algumas coisas boas que não se havia pensado.

Cuidados com as Crianças no Casamento

Gente, tem coisa mais fofa que as crianças abrilhantando um casamento?! A entrada das daminhas e dos pajens é o momento dos suspiros, dos sorrisos encantados e do coro de “ounnn…”.  Ao mesmo tempo, é muito frustrante pra todos quando os baixinhos se sentem desconfortáveis, constrangidos e chateados na hora da cerimônia. Também é frustrante para os pais não poderem aproveitar a festa por causa das obrigações paternas. Por isso, hoje o blog resolveu dar umas dicas para que seu casamento seja uma festa incrível pra todos (inclusive para os pequenos):

1. Cuidados antes da cerimônia

Certifique-se de quantas crianças vocês terão no seu casamento. Da mesma forma que você se planeja para receber bem seus convidados garantindo um lugar, uma boa comida e uma animada diversão, planeje também cuidar dos pequenos.
Converse com os pais pra que eles preparem os filhos para a festa, alimentando-os bem e deixando eles gastarem muita energia no dia da festa.

2. Daminhas e Pajens

A entrada das crianças na cerimônia é um momento encantador, mas tudo pode virar pelo avesso se os pequenos saírem correndo ou mesmo virar tumulto se eles começarem a chorar. Por isso, o conselho é escolher crianças a partir dos 4 anos, quando já não sentem tanta necessidade de estar com os pais e não se assustam mais com tanta gente olhando pra eles.

Se você não quer abrir mão de ter uma criança menor, a dica é que ela entre acompanhada de uma outra criança maiorzinha, que seja do convívio dela.

Outra dica, ensaiem com as crianças! Inclusive, se forem fazer o jantar de ensaio é uma ótima oportunidade de mostrar pras crianças a participação delas.

Sobre as daminhas, que tal substituir o buquê de flores naturais por um de marshmallow?! Ou substituir por uma linda boneca de pano?! Os doces e os brinquedos ainda são a maior “arma” pra convencer nossas crianças. Rsrs

 

3. Equipe especializada

Contratar um monitor ou uma equipe de animação sempre é uma aposta ganha. Tanto para as crianças quanto para os pais. As crianças poderão fazer várias atividades como pinturas faciais, jogos em grupo e outras coisas durante a festa e os pais poderão aproveitar enquanto seus filhos estão sendo vigiados e cuidados por alguém de confiança. Aqui não estamos falando de palhaços ou coisas relacionadas à festa infantil, nossa dica é contratar alguém para cuidar das crianças e ao mesmo tempo entretê-las.

4. Espaço KIDS

Gente, essa é a dica das dicas! Montar um espaço especial pras crianças é muito importante e você vai ver que diferença você vai ter na sua festa. Aliás, essa dica também vai para os fornecedores: tá na hora de pensar nas crianças, hein?!

Nesse espaço pode ter mesinhas no tamanho das crianças, caderninhos pra colorir, massinha de modelar, giz de cera, lápis de cor, brinquedos de montar como Lego e outras coisas.

É recomendável montar o espaço para as crianças em local coberto, preferencialmente longe das entradas, saídas e da pista de dança, onde geralmente o som é mais alto. Se possível, é recomendado que o espaço tenha acesso fácil ao banheiro. Se muitos convidados forem bebês é bom pensar em montar um fraldário. É interessante reservar as mesas próximas ao Espaço Kids para os pais das crianças, pra que estejam perto caso precisem.

Se o casamento for tarde e você espera que seus convidados fiquem a noite praticamente toda se divertindo, é interessante montar também o Cantinho da soneca, com tapetinhos e travesseiros. Dá uma dó ver mães e pais se revezando na pista de dança porque um deles tem que servir de caminha…

 

5. Comidinhas

Aqui vale um cuidado especial: converse com seus fornecedores e assessores para servirem as crianças no início da festa. Não é interessante quebrar a rotina das crianças, isso pode deixá-las estressadas, o que acaba estressando os pais também.

Pense também num cardápio especial pra elas (olha aí mais uma dica também para os fornecedores). Risoto de filé com alcachofras não é lá um menu que encante os pequenos… rsrs.  Crianças geralmente não gostam de pratos elaborados. Montar uma mesa com doces mais simples, suqueiras, frutas cortadas, pipoca, batata-frita e sanduíches naturais agrada bastante e dá autonomia aos pequenos.

Ah! E é bom lembrar de nada de vidro ou porcelana para as crianças! Invista em pratos, copos e talheres descartáveis ou de acrílico. Tudo para evitar gastos com louça quebrada ou possíveis acidentes, principalmente!

 

Se poucas crianças forem convidadas para a festa, se o local for pequeno ou se orçamento está no limite, reservar uma mesa mais baixa e montar kits personalizados, com giz de cera, jogos, brinquedinhos e guloseimas é uma boa alternativa.

E aí, gostaram das dicas?! O importante é lembrar que o dia do seu casamento vai ser inesquecível pra todo mundo!

E você que é fornecedor e já trabalha com esse tipo de serviço, vem fazer parte do nosso guia! Vai ser incrível ter você aqui!

 

Identidade Visual: Por onde começar? – Parte 1

Já estava na hora de falarmos sobre esse assunto, não é mesmo? Afinal, é um dos temas mais apaixonantes na construção do casamento. A identidade visual é definida logo após a decisão do estilo do evento e envolve os gostos, sonhos, personalidade e a história dos noivos.

Como o assunto é bem extenso, iremos tratar sobre ele em mais de um post e queremos você acompanhando cada um deles, pois é uma honra para nossa equipe poder colaborar na realização desse sonho.

A Identidade visual irá nortear os fornecedores do seu casamento. Por exemplo: as cores dos objetos de decoração, as flores, os tipos de jarros, quais doces e forminhas irão compor a mesa, a escolha do bolo, cada detalhe deverá ser pensado de acordo com a temática da festa tão sonhada.

Então, por onde começar? Vamos dividir essa primeira parte em 4 etapas importantíssimas.

1. Defina o estilo do casamento

Como dito acima, o estilo do casamento é o primeiro a ser definido.Vai ser vintage ou moderno? Clássico ou temático? Rústico ou Tradicional?. Depois dessa etapa, você sabe que se o estilo vai ser Clássico, então o convite, o monograma, o vestido e os demais itens deverão seguir essa mesma linha.

2. Escolha sua paleta de cores

Depois de escolher estilo e as cores que serão usadas no casamento, muitas coisas já podem ser definidas, como decoração, roupa das madrinhas, lapela, buquê, entre outros detalhes. Isso pode ser aplicado também à papelaria: vai usar estampa? Qual a cor da fonte usada? Como quer imprimir em sua festa a identidade de vocês?

Essas perguntas podem ser respondidas após a escolha da paleta. Abaixo temos dois exemplos de paletas distintas e a aplicação das mesmas em detalhes do casamento.

3. Invista em itens personalizados

Aqui nessa etapa, já foi escolhido também o monograma, fonte, estampas, e diversos itens da papelaria que trataremos no próximo post.

Os personalizados fortalecem a identidade visual do casamento e permitem que os convidados a reconheçam com mais facilidade. Mas por favor, nada de exagero. Para isso, busque profissionais da área para te ajudar a deixar tudo harmonioso e em sintonia. Nada de carnaval de cores ou itens que não combinam entre sim. Por exemplo: não escolha decorar com “coqueiros” se seu casamento leva o tema “campo”. Mas solte a criatividade! A identidade pode e deve ser aplicada em vários itens do casamento, do cardápio às lembrancinhas. Brinque de criar novas formas para usar a sua marca.

Olha que harmonia nesses exemplos da Casa2 Design:

Para facilitar a escolha do estilo, cores e muitos outros itens, nossa dica é:

4. Pesquise

Pesquise, pesquise e pesquise. Converse com quem já passou por essa experiência, conheça o trabalho de vários profissionais e use a internet como seu aliado. As redes sociais e os bancos de imagens estão aí pra abrir nossa mente e nos mostrar as melhores tendências do momento.

No próximo post falaremos sobre Como escolher o convite e a papelaria do seu casamento. Nele iremos indicar o tipo de monograma, papel, fitas, laços e melhor, indicar ótimos fornecedores de convites e papelaria para que vocês estejam em boas mãos nesse momento tão delicado e especial.

Como lidar com a Tensão Pré Casamento

Bem vamos falar um pouquinho e tentar auxiliar você noivinha ou até noivinhos, podemos dizer também, que não veem a hora do grande dia chegar, que lida com uma pilha de sentimentos e emoções a flor da pele o qual desenvolvem conforme os dias se aproximam cada vez mais e mais. A chamada TPN (tensão pré nupcial) é algo comum e constante em muitos desses casais, ou porque não dizer com propriedade, principalmente delas: as noivinhas. Vem os últimos detalhes, as preocupações, as ansiedades, aqueles que começam a querer se envolver e mudar tudo o que já estava planejado, os palpites, as discórdias, alguns pequenos stress, etc. Mas não são com todos que isso existe não, depende da forma que você lida e encara esta reta final.  

Sabemos que existem diversas personalidades de cada casal, formas de agir, de sentir e de viver esse momento prévio que deve ser vivido intensamente, porém de forma leve, tranquila, equilibrada, linda e muito especial. São muitos os detalhes para o grande dia, o estresse crônico começa a aparecer e o que era para ser prazer, vira desespero, e os noivos vivem com a adrenalina no limite. Com a adrenalina em alta, o cansaço fica mais intenso. O estresse também pode acarretar em noites insones e prejudicar, e muito, a saúde como um todo: corpo e mente. 

Mas toda essa ansiedade e nervosismo podem transformar-se em algo bom e prazeroso. Vou tentar ajuda-los com algumas dicas que se seguidas, mudem o seu jeito de ver e encarar algo que complicamos sendo que é tão simples e dá para relaxar e aproveitar o pré-casamento. Claro que um bom planejamento, organização e uma assessoria te auxiliam bastante nesse passo a passo.   

  1. SEJA VOCÊ: Cada sonho ele é único e individual. Não queira viver o sonho de outro casal ou imitar o casamento do outro, porque você deve viver o seu sonho, dentro da sua realidade, da sua expectativa, do seu momentoNão crie falsas expectativas. Ah, você viu aquele mega casamento e ficou apaixonada? Está na moda um casamento de gala, à noite? Mas, na real, um casamentão não tem nada a ver com você… No fundo, o que te faria feliz, mesmo, seria fugir para casar no campo. Só você, seu amor, seus cachorros e suas pessoas mais próximas? Então, faça isso. Examine seu coração e defina, antes de mais nada, o que você e seu noivo, realmente desejam. E se você já está no meio do caminho e não está feliz com o rumo que as coisas tomaram, volte atrás, sem medo.

  1. SIMPLIFIQUE: Já ouviu falar um ditado que diz: “o menos é mais!” Pois é, isso mesmo. Vamos criando tantas coisas e listas e mais listas intermináveis de pendências como: operação lua de mel, frufru daqui, frufu dali, presentes para madrinhas, padrinhos, papagaio, vizinho…e tantas outras coisas; não que tudo isso não seja lindo e que não possa ter, porém algumas circunstâncias diminuir ou cortar alguns itens que trazem mais preocupação seria interessanteA história da lista de convidados, de que “tem que chamar o colega de trabalho, porque se não fica feio…”, descomplique e convide quem você quer e quem de fato fez ou faz parte da sua história.

  1. DELEGUE: Tem uma frase que diz assim: “Sonho que se sonha só, é apenas um sonho, mas sonho que se sonha junto é uma realidade.” E de fato divida atividades com quem se disponibiliza a te ajudar, tenha com você profissionais competentes e de confiança para te ajudar. Alguém o qual você se identifique, e consiga entregar seu sonho em suas mãos para juntos construírem. Um bom assessor pode te ajudar bastante nesse quesito! Mas é tão gostoso ter por perto família e amigos  que gostariam de ajudar em algo também. Confie!

  1. PLANEJE E SE ANTECIPE: As dúvidas e incertezas são presença constante na cabecinha dos noivos. Por esse motivo quando temos tempo suficiente para pensar e fazer escolhas corretas e assertivas melhor. Pensou em casar? Se antecipe, não faça tudo ou deixe tudo para última hora. Planeje, calcule, sonhe e execute. Temos um checklist disponível aqui em nosso blog com o passo a passo de planejamento de um casamento, eles são muito úteis para você se programar e não se perder. Não deixe nada para cima da hora, pois isso é certeza de stress na certa. 

  1. NÃO SEJA TÃO PERFECCIONISTA: Esse quesito assemelha-se ao quesito: DELEGUE. Existem coisas que só saíram perfeitas você fazendo e do seu modo e do seu jeito. Os padrões que você cria em sua mente talvez de forma 100% não sejam atendidos nem por um bom profissional pois foi criado um padrão de perfeição por você. Por isso SIMPLIFIQUE. Saiba que outras pessoas se esforçaram para fazer bem feito o que for preciso e atender as suas expectativas.

  1. FUJA UM POUCO: A partir do momento que decidimos casar e festejar este dia único e tão especial parece que só pensamos nisso, só falamos nisso, não existe outro assunto no mundo para tratarmos, alguns amigos até brincam. A minha dica é: não pense só em casamento, saia com seu noivo para namorar, assistir um bom filme, passear, comer em um bom restaurante, viajem, saiam da rotina de planejamento para espairecer um pouco a mente.

  1. NÃO RETENHA PARA SI: Muitas pessoas ao saberem que irão casar se disponibilizaram para ajudar no que for necessário. Não queira fazer tudo só. Aproxime-se e cerque-se de pessoas do bem que amam a vocês e que darão auxílio e apoio sempre que precisarem. Madrinhas, padrinhos, família com certeza estão prontos para te ouvir, para te ajudar, desabafe quando preciso, converse. Como é bom trocar experiências e mesmas ansiedades com outras noivinhas também, só elas muitas vezes nos entendem de fato. Converse com quem já casou, com as que irão casar ainda; mas lembre-se nem toda conversa será ajuda, algumas opiniões e palpites fazem é atrapalhar. Seja sábia para discernir aquilo que te ajudará e não atrapalhará. Participar de feirinhas, encontrinhos, palestras, participar de comunidades e grupos, fazer novas amizades, tudo isso é válido nesse período. 

  1. LIBERE ENDORFINA: Se exercitar é beneficio sempre para saúde física e mental. Nessa etapa um bom exercício em sua rotina te auxiliará bastante também. Caminhe, corra, malhe, dance, faça alguma luta e o que se sente bem em fazer. Com orientação de profissionais sempre, só cuidado para não ser intensa demais, sempre tenha bastante moderação.  

  1. RELAXE: Um pedido quase que impossível de ser atendido não é? Alguns dizem assim: “Ainda bem que casar é só uma vez.” É um período e uma fase de transição, de mudanças em várias áreas da vida, de novas responsabilidades, para isso temos que estar com a mente preparada. Sim devemos tentar relaxar sempre. Oração, busca a Deus, converse com ele sobre suas ansiedades, busque técnicas de respiração, de meditação, massagens relaxantes. E viva junto ao seu noivo sempre coladinhos este momento. 

  1. NÃO SE COBRE DEMAIS: Não se culpe e nem se cobre demais durante o planejamento e principalmente no dia, pois sabemos que não conseguimos agradar a todos nunca, não é mesmo?! Aproveite ao máximo esse processo de planejamento. Sabemos que pode parecer difícil, estressante, cansativo; mas garanto que sentirão falta dessa etapa depois. 

Casando no civil

 

Vamos tirar algumas dúvidas das noivas que optaram pelo casamento no civil. Quais documento são necessários, regime de bens, o que vestir e muitas outras questões que as noivas se esquecem no momento da papelada.

Se vocês optaram pelo casamento civil, esse também merece toda a atenção e não tem porque não comemorar com seus amigos o momento. Não é só porque é civil que deve ser realizado em cartório. A lei permite que os noivos celebrem a união por diligência, precisando apenas tomar algumas medidas simples para que seja válido. Antes casamento no civil significava apenas ir a um cartório assinar os papéis, hoje ele assume uma importância diferente, deixando de lado esse toque frio e pouco intimista e passando a ser uma cerimônia cheia de momentos emocionantes. A verdade é que casar pelo civil está na moda e são muitos os casais que aproveitam esse momento para celebrar seu casamento de outra forma, em um entorno mais descontraído, mas não menos romântico. Então vamos as dicas para vocês entenderem melhor porque nem sempre casamento no civil não precisa ser sempre no cartório.

Existem quatro tipos de casamento civil:

1. Casamento em cartório (é aquele que é celebrado no próprio cartório, pelo juiz e o escrevente).

2. Casamento em diligência (fora do cartório, como num buffet, por exemplo: é quando o juiz de paz e um escrevente vão até o lugar que os noivos escolhem para realizar o casamento).

3. Casamento religioso com efeito civil (realizado na igreja, centro espírita, sinagoga, etc.) Esse foi a minha opção, e acho ela também uma das mais lindas, que é quando escolhemos uma autoridade religiosa para fazer a cerimônia, esse processo todo das assinaturas é realizado durante a cerimônia.

4. Conversão de união estável em casamento(Esse é um processo mais simples e que pode sair mais barato para os noivos e normalmente é feito quando já existe uma relação de convivência entre duas pessoas com o objetivo de constituir família . Porém, não é um casamento. É só um documento de união. Quem quiser partir da união estável para o casamento civil, pode tranquilamente).

Mas em todas as formas, precisarão estar presentes os noivos e uns dois ou mais padrinhos (testemunhas) para assinar os documentos, confirmando que vocês estão casando por livre e espontânea vontade.

Após decidir qual tipo de casamento, comece a organizar seus documentos com antecedência, no máximo 04 meses antes, para o caso de você precisar atualizar a certidão de casamento ou RG. Os documentos em geral são certidões e R.G, mas aconselhamos os noivos a ligarem no cartório para se certificarem, pois os documentos exigidos podem variar de cartório para cartório.

Documento necessários

Solteiro

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos

Divorciado

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos
  • Certidão de casamento anterior com averbação do divórcio
  • Certidão do casamento anterior com a averbação do divórcio
  • Cópia de sentença ou escritura pública de divórcio – É importante comprovar se houve ou não partilha de bens. Caso não tenha esse documento, a separação de bens se torna obrigatória!

Viúvo

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos
  • Certidão de casamento do primeiro casamento
  • Certidão de óbito do cônjuge falecido
  • Certidão de inventário e partilha se o falecido deixou bens e filhos

Menores de 18 anos é necessário consentimento dos pais.

Regime de Bens

Uma das etapas mais importantes da vida dos noivos, pois é onde decidem o regime de bens e outras questões fundamentais da vida conjugal. Isso deve ser conversando antes de assinar os documentos.

-Regime de comunhão universal de bens

É uma fusão patrimonial. Todos os bens dos noivos, tanto os atuais, quanto os futuros, passam a pertencer a ambos os cônjuges. Nesse caso, todos as decisões acerca de vendas e compra de imóveis deverá conter a assinatura de ambos. Por exemplo, um noivo não pode vender uma casa adquirida antes do casamento sem a assinatura da noiva, pois a partir do momento que casaram, tudo que era dele passou a pertencer a ela também.

-Regime de comunhão parcial de bens

Esse é o regime mais procurado pelos noivos brasileiros, pois nele são partilhados somente os bens garantidos antes do casamento. Tudo que os noivos tinham antes de casar, permanecem sendo deles. Porém, caso o casal deseje se separar no futuro, tudo que eles conquistaram durante o casamento deverá ser partilhado.

-Regime da separação convencional de bens ou regime da separação total de bens

Todos os bens adquiridos antes e depois do casamento permanecem de cada um. Sendo que se o casamento for anulado posteriormente, cada um fica com aquilo que estiver em seu nome.

-Regime da separação obrigatória de bens

Esse regime é o mesmo que o convencional, porém, é aplicado obrigatoriamente para alguns casos específicos, como:

  • Casamento de viúvos que tiverem filhos do cônjuge falecido, enquanto não tiver inventário dos bens do casal, com a partilha aos herdeiros.
  • Casamentos de viúvos ou casamentos anulados, que querem casar antes de completar 10 meses do término do casamento.
  • Divorciados que ainda não decidiram a partilha de bens do casal.
  • Idosos maiores de 70 anos
  • Menores de 16 anos que casaram mediante autorização judicial.

-Regime da participação final nos aquestos

Os bens adquiridos antes e depois do casamento continuam sendo de cada um deles. Porém, caso haja uma dissolução do casamento, haverá partilha dos bens adquiridos durante o casamento.

Alteração de sobrenome

Tanto a mulher quanto o homem podem suprimir um sobrenome. Porém, o cartório só permite que um deles faça essa alteração, sendo que ele deverá manter ao menos um sobrenome de cada família.

 O que vestir?
O casamento no civil pede uma produção mais simples e sofisticada. Procure usar vestidos básicos e discretos. Portanto, nada de abusar de pedrarias, brilhos, véu e grinalda, mas também não vamos apelar para jeans e camiseta,rsrsr!
Casamento no cartório
 .
 .
  .
  .
  .
   .
   .
  .
  .
  .
  .
  .
 Fotos: Rodolfo Corradin
O vestido branco também não é uma regra, mas, é interessante usar tons mais claros na sua festa. Assim você fica com uma carinha de noiva! Também indicamos evitar os vestidos grandes de princesa, pois não combinam com o estilo da cerimônia no cartório.
  .
Casamento no cartório com direito a um almoço/brunch
 
 .
 Agora que já sabe como deixar o casamento civil especial com o estilo de vocês, pode correr para o abraço que não tem mais desculpas para não juntar as escovas de dentes e realizar o sonho do jeitinho e com a cara do casal.
As imagens  foram retiradas do pinterest . Caso alguma delas  seja de sua autoria, entre em contato! Podemos  dar os créditos ou retirá-la do ar, como você preferir.

Casando de dia

Como fotógrafa, eu sempre procuro a melhor luz pra fazer as fotos. E eu amo a luz natural, quem não ama, não é verdade?! Ela preenche o espaço, a decoração, revela com detalhe todas as emoções. Não é à toa, que eu acho lindo demais casamentos durante o dia. E não é só por causa das fotos, não. Um casamento de dia traz inúmeras possibilidades que muitas vezes passam despercebidas, especialmente aqui na nossa região. Muitos casais pensam logo em casar à noite por causa do calor que faz aqui. Mas com um bom planejamento dá pra fazer uma linda festa e ter muito tempo pra aproveitá-la ao máximo. Ter um dia inteiro pra curtir o dia mais importante das nossas vidas é muito bom! Pensando nisso, hoje a gente vai mostrar pra vocês algumas vantagens e desmitificar algumas dúvidas em escolher casar durante o dia.

  1. Duração da Festa

Todo mundo sabe que sempre acontece um atraso, nem que seja um pouquinho. Muitas vezes a cerimônia acaba tarde, vocês ainda saem pra fazer umas fotos, e quando você menos espera, seus convidados estão indo embora pouco tempo depois que você apareceu por lá. Claro que sempre ficam alguns curtindo, mas a verdade é que geralmente a maioria não passa da meia noite. E aí vocês planejam, gastam, e no final nem todos aproveitam tudo. Casando durante o dia, vocês tem muito mais tempo, além de todo mundo voltar pra casa com mais segurança, bem melhor que sair dirigindo de madrugada.

Falando em duração de festa, vamos direto para o próximo tópico!

2. Descontração

Imaginar que casamento diurno é menos divertido que um noturno é um equívoco! O clima menos informal pode deixar os convidados mais descontraídos e o clima mais intimista. De dia, as crianças e os mais idosos vão curtir muito mais também. Já imaginou seus avôs na pista de dança?! Demais!!

Josh Bennett Photography

A animação da festa vai acontecer na medida da animação dos noivos. Noivos animados, festa animada!

Essa descontração também pode se estender para o figurino com roupas mais leves para os noivos, padrinhos, daminhas, pajens e convidados. E dá até pra colocar cores a mais nas roupas pra deixar tudo ainda mais romântico ou divertido!

(Quem me conhece já sabe que eu não vou me casar de branco, com certeza! Hahaha)

3. Versatilidade do cardápio

Brunch, almoço, coquetel, churrasco, picnic… As opções de cardápio para um casamento diurno são muitas. E se seu casamento começar de dia e entrar na noite, o jantar continua sendo uma opção. De dia, pode-se usar a criatividade para deixar tudo mais leve, inclusive as comidinhas. Carrinhos de sorvete, mesa de frios, drinks levinhos, saladinhas e frutas, muitas frutas! O melhor de tudo é que dá pra adequar perfeitamente o cardápio ao estilo dos noivos e ficar tudo com a cara de vocês.

 

4. Decoração

A melhor opção para casar de dia é se aproveitar ao máximo da natureza, por isso, aproveite pra casar numa chácara, no sítio, na beira da praia ou do rio, num jardim, etc. A natureza é perfeita, linda e majestosa. Mas não significa que você não possa fazer uma decoração com muito glamour. O bom do casamento de dia é justamente isso, a versatilidade. Mas não podemos negar que se aproveitar da natureza é lindo e pode até render uma boa economia. Combinar com elementos românticos ou rústicos ou até temáticos podem deixar o casamento com a cara dos noivos e valorizar ainda mais a festa.

5. Pôr do sol

Golden hour é o nome pelo qual os fotógrafos chamam esse momento mágico que a natureza nos proporciona. Casar no momento em que o sol está se pondo é o sonho de muitos casais. Especialmente por aqueles que querem casar de dia sem abrir mão da festa durante a noite. Além de toda beleza natural, casar no fim da tarde dá diversas possibilidades de unir a luz natural com outras fontes de luz que podem ser muito charmosas. Varal de luzinhas (a gente já até ensinou aqui como fazer), sparkles, fogos de artifício, velas, enfim, as opções são muitas!

Old Love Fotografia

6. Fotos INCRÍVEIS

Como falamos no início, a luz natural proporciona fotos muito mais realistas e mais alegres. Por isso, os vestidos, a maquiagem, a decoração, a mesa de doces, enfim, tudo acaba ficando mais vivo nas fotos. As expressões faciais também ficam mais evidentes, e acabam transmitindo de uma forma muito mais fiel o momento mágico do casamento.

Desvantagens

Claro que tudo tem seus prós e contras. Para um casamento de dia, os noivos devem acordar bem mais cedo pra se arrumarem, os fornecedores tem que ser muito precisos (já que não terão muita chance de solucionar coisas de última hora) e principalmente, o calor! Especialmente na nossa região, o clima quente é nosso grande inimigo. Mas até pra isso temos nossas opções. Aproveitar salões com ar condicionado e ficar de olho nas previsões do tempo é imprescindível pra quem quer casar durante o dia.

Aqui no blog já mostramos alguns casamentos maravilhosos que aconteceram pela manhã ou pela tarde.

Dany + Lucas

Jaqueline + Vitor

Lycia + Leonardo

Gabriela + Cássio

E se você casou durante o dia e quer compartilhar sua história, entra em contato com a gente que a gente vai adorar conhecer sua história!

 

 

Caçadoras de Casamento- Dany e Lucas

Abrimos o ano com o primeiro caçadoras de casamento de 2018, e a vez foi desses dois lindos, Dany e Lucas. O planejamento começou há uns dois anos atrás, muitas reuniões com cerimonial, idéias, mudanças e mais mudanças, as vezes parecia que não ia mais acontecer, quando enfim decidiram realizar o casamento na cidade de Casa nova, nas dunas do Velho Chico, um lugar com uma paisagem paradisíaca, não tem que não se encante.

A ideia inicial era só uma bênção com o celebrante, esse tipo de cerimônia é conhecida como elopement, (elope significa fugir)  é como se o casal fugisse da cidade deles para casar longe de tudo, a sós. Os noivos viajam para um lugar de sua preferência e se casam na presença de um celebrante,  juiz de paz ou afim. E a presença de um fotografo para registrar tudo isso, principalmente se o local escolhido for de tirar o fôlego.

Para entender melhor sobre os tipos de casamentos (Elopement wedding, Mini wedding, intimate weddding, destination wedding, Casamento tradicional) click aqui.

Tudo tomou outra proporção e acabou se tornando um Destination wedding, que por sinal não poderia ser diferente se tratando de Dany Castro, uma youtuber super criativa que expira emoção. O casamento foi um sonho, tudo foi registrado pelas lente do fotógrafo Paulo Santana.

 

Dany em Petrolina-PE e Lucas em Itabuna-BA… Quando um belo dia (12/10/2013) o Lucas enviou uma solicitação de “amizade” no facebook, e assim que vi a solicitação, claro fui olhar as fotos dele (genteee amei o cabelo dele haha, sério, era o estilo que achava fofo, o estilo de corte e tal, sou ligada nisso siiiiiim) ai comecei a ver tudo no face dele, o que ele compartilhava, curtia, observei que tínhamos alguns poucos amigos em comum e o MELHOR DE TUDO GENTE…vi que O BOY ERA CRISTÃOOOOOO haha <3 Ai pronto, eu toda educada né, fui na linha do tempo dele e escrevi: ACEITO ^^ E a partir dai começamos a conversar pelo bate papo, perguntei de onde ele me conhecia e ele disse que tinha me visto em uma foto do Victor ( que era nosso amigo em comum, o dito cupido que foi Deus que colocou em nosso caminho <3 ). Sei que ele me viu na foto e com certeza me achou LINDA, e pensou tenho que mandar um convite para essa princesa maravilhosa, e assim fez! ( tbm achei ele LINDOOOO) e desde então começamos a conversar, depois de um tempo começamos a nos falar por telefone e cada conversa íamos conhecendo um pouquinho um do outro e criando um afeto cada dia maior. Ate que chegou o dia (31/10/2013) em que nos conheceríamos pessoalmente ( ansiedade a mil por esse dia, e as dúvidas tomavam conta de mim rs ” aah será que ele vai me achar bonita pessoalmente, será que vai gostar de mim?” Parecia cena de filme quando vi ele pela primeira vez que fui ao encontro dele e demos aquele abraço que nunca vou esquecer <3 ai pronto a vergonha tomou conta do meu ser kkk, mal conseguia conversar, e olhar para ele, estava bastante tímida como ” SEMPRE” sou. E desse dia em diante passamos a nos ver todo final de semana no período das férias ( só nos finais de semana mesmo 🙁 porque ele estava passando as férias em casa nova e eu moro em Petrolina)”

“Quando foi na noite do dia 04/11/2013 estávamos entre amigos reunidos na casa de uma amiga, foi uma noite bem divertida, e no final da noite todos foram embora, me despedi dele e já ia dormir feliz da vida porque passamos aquele momento juntos, quando menos espero ele volta e pede para conversar comigo, meu coração imagina ai como ficou rsrs, então ele começou a falar do sentimento dele por mim e , me deu a oportunidade de falar também <3 e me convidou para estarmos colocando diante de Deus nossa vontade, nossos sentimentos, afinal mais nos importaria estar dentro da PERFEITA vontade de DEUS. Ficamos alguns meses orando e se conhecendo mais, até que… NO DIA 11/01/2014 ele planejou o pedido mais lindo do universo, feito com fogo minha gentee, o pedido foi “QUER SER MINHA PRÉ ESPOSA? ” eu me acabeeei em lágrimas, e me fiz de difícil, claro, antes de dizer SIM!! e a partir desse dia éramos um LINDO CASAL DE NAMORADOS <3 e nesses três anos construímos uma história com o alicerce em Deus, cheios de sonhos e realizações, vivemos altos e baixos, mas em tudo tiramos alguma lição e nosso relacionamento só nos tornou seres humanos mais maduros.

Dia 26/07/2016 Foi o pedido de casamento, a corra mais romântica da vida, a noite do dia anterior tivemos um jantar romântico e no dia 26 ele fez o pedido, mais uma vez chorei (por que sou dessas toda manteiga) e a partir desse dia começamos a sonhar e planejar o nosso GRANDE DIA! O dia do nosso CASAMENTO <3″

“Dia 27 de janeiro de 2018 foi o grande dia, e como diz a música “o que era sonho se tornou realidade” .E tenho que contar a vocês que durante todo o processo de planejamento houve muitas mudanças, chegamos a adiar  a data do casamento por duas vezes e  ainda quando estávamos há duas semanas do casamento eu falei que desistiria de tudo, pois as coisas não estavam caminhando conforme eu esperava e planejava,chorei muito por isso! Mas, não lembrava eu, que Deus estava por trás de tudo, e no controle da situação para que o grande dia  fosse bem mais do que eu sonhei. Logo no inicio quando eu sonhava com o dia do meu casamento, antes mesmo de conhecer o Lucas, eu sempre salvei inspirações de estilos de casamento como eu queria que fosse o meu, e as inspirações era de casamento na praia que eu sempre fui encantada!!! Só que com o tempo  fui abrindo mão dessa proposta de casamento e  me conformando e acostumando com a ideia de um casamento tradicional mesmo, pois onde moro não tem praia (triste)  e me deslocar para outra cidade com praia seria um custo alto, resumindo parecia um sonho impossível, então acabei abrindo mão dessa proposta! Mas como sempre digo Deus é Deus né gente, e ele não esquece dos nossos sonhos e faz o que parece impossível se tornar possível e assim Ele fez comigo, gente sério na ultima semana do meu casamento tudo aconteceu para que meu casamento acontecesse na Dunas do Velho Chico “uma praia” só que água doce. Enfim meu sonho aconteceu, e em menos de uma semana toda a proposta do meu casamento mudou completamente resultando em um casamento praiano, uaaaal ! E eu me senti a pessoa mais realizada do universo! Foi emoção do inicio ao fim. “

O que sempre carregamos no nosso coração é gratidão a DEUS pois até aqui Ele tem nos ajudado e nos mantém.

 

  • Destination wedding;
  • Coroa de folhas singela para o cabelo;
  • Vestido sereia com decote maravilhoso nas costas;
  • Madrinhas com vestidos leves, floral padronizadas;

  • Siga seu coração sempre! Não faça nenhuma escolha ou tome decisões apenas por obrigação ou porque a tradição “manda”. Escolha aquilo que tem um significado especial.
  • O estresse do casamento é uma escolha de cada um, quando se  valoriza o que realmente importa da festa, o restante todo vira só acessório e se alguma coisinha não sair perfeita, você não precisa se importar, porque o casamento é muito mais do que uma decoração bonita.

 

Fotografia: Paulo Santana I Local: Dunas do Velho Chico

Decoração: João paulo I Vestido:  Noeme Ramalho

Cabelo: A noiva Dany | Makeup: Tiara Brito

Assessoria e Cerimonial: Raquel Nogueira

Video: Flavio Andrade I Buquê e Lapela: Ivone Paiva

Planejando a Lua de Mel

Oi gente! O ano está só começando e para aqueles que planejam casar este ano, é muito importante não esquecer nenhum detalhe. A lua de mel faz parte das comemorações, é a festa exclusiva dos noivos! E como tudo que compõe o casamento, a lua de mel não pode ficar de fora.

Muitos casais decidem não viajar na lua de mel por já terem gastado muito com a festa, mas eu garanto que viajar é possível com um bom planejamento! E aqui a gente vai passar pra vocês algumas dicas pra você se preparar para esse momento tão especial!

1. Planejem com antecedência

Tudo bem que tudo que diz respeito ao casamento tem que ser planejado com antecedência. Mas se for um sonho de vocês fazer uma viagem de lua de mel, essa antecedência tem que acontecer mesmo! E se o destino for no exterior, mais cedo ainda tem que ser planejado. Tirar passaporte e conseguir o visto são algumas coisas em que os prazos não dependem da gente. A gente tem que se preparar pra tudo.

Planejando com um bom tempo antes da viagem, dá pra garantir ofertas, promoções e certeza de vagas nos voos e nos hotéis, além de evitar estresses de quem deixa tudo pra última hora.

2. Planejem JUNTOS!

Lembrem-se que a viagem é para os dois curtirem! Eu passaria um dia inteiro só visitando museus, mas se não for o programa preferido do meu noivo, só eu vou aproveitar. Sejam pacientes e flexíveis e não esqueçam de aproveitar muito!

3. Pesquisem Muuuuito (e economizem com a pesquisa)

Muitas ótimas oportunidades não estão tão explícitas. Precisa garimpar bem. Felizmente o que não faltam são sites e blogs de viagens. Leiam tudo que puder e lembrem-se de que vocês irão receber exatamente pelo que pagaram e a quem pagaram. Pesquisem o hotel e muitas referências sobre o hotel. E assim com todas as outras coisas: companhia aérea, lugares turísticos, restaurantes, etc.

Pesquisem muito sobre o destino escolhido por vocês. Assim, podem até economizar. Algumas cidades, como Paris, oferecem um serviço de transporte público gratuito (um trenzinho lindo e super confortável). Outras cidades, como Curitiba, tem daqueles ônibus turísticos que podem parecer breguinhas, mas custam o suficiente pra você rodar muito (até o ano passado custava R$ 40,00 e rodava até 45km pela cidade)!  Além disso, vocês podem aproveitar shows, apresentações artísticas, feiras gastronômicas, concertos, entrada em museus, gratuitos! Estejam sempre atentos às informações sobre o destino de vocês.

Pesquisem sobre o transporte público pra não gastarem muito com taxi ou uber. Pesquisem sobre os restaurantes pra não gastarem muito e comerem pouco. Pesquisem, pesquisem, pesquisem!

4. Escolham a data certa

Pela lei, você tem o direito a três dias consecutivos de folga no trabalho (sem contar o dia do casamento), a conhecida licença gala. Mas vamos ser sinceros, se for pra ter apenas 3 dias, é melhor aproveitar na sua própria cidade. Se viajar, ainda mais pra um lugar distante, vai gastar mais do que aproveitar. Por isso, é importante pensar que a lua de mel é uma viagem que precisa ser, antes de tudo, tranquila e agradável. O bom mesmo é tentar conciliar as férias dos dois pra dar tempo suficiente de curtir e ainda voltar para o trabalho descansados, ainda mais depois de meses de planejamento do casamento dos sonhos!

5. Sejam vocês mesmos

Escolham um lugar e uma experiência que sejam a cara de vocês. Não é por que a viagem dos seus amigos para os Lençóis Maranhenses foi maravilhosa que a de vocês vai ser também, com você não gostando de tomar sol. Se vocês amam praia e odeiam frio, não tem por que ir pra Gramado no inverno só porque todo mundo já foi. Originalidade é tudo! Mas olha só, se todo mundo foi e é um sonho seu ir também, já pega as informações com eles!

6. Conte com seus amigos

Como minha família é grande e festeira, quando minha irmã casou, ganhou muita coisa dos que nem era padrinhos. Aí os padrinhos ajudaram financeiramente com a viagem de lua de mel deles.  Uma ótima ideia que pode ser aproveitada. Você pode inclusive colocar sua lua de mel, ou partes dela, na sua lista de presentes. Muitos sites de casamentos oferecem essa possibilidade.

7. Aproveitem muito!!

Vocês vão conhecer um lugar incrível, talvez até uma cultura diferente, vão passear, comer bem, mas acima de tudo lembrem-se que é a Lua de Mel de vocês.  Aproveite que o momento é de vocês e caprichem nos momentos íntimos. Afinal, as experiências da viagem de lua de mel serão eternas! Ah, e mais importante: cuidem muito bem um do outro, seja onde for. <3

Dicas Extras:

– Faça sua reserva com nome de solteira! Até todos os documentos novos saírem, pode ser que não estejam prontos a tempo.

– Pense bem nas roupas. Leve peças que podem ser mescladas! Assim economiza no peso da bagagem.

– Em algumas épocas do ano, pacotes internacionais podem ficar mais baratos que os nacionais.

– Prefira as baixas temporadas. Tudo fica mais barato.

– Some toda a quantia que vocês tem para gastar e divida pelo número de dias que irão ficar no local, desta forma vocês não correm o risco de extrapolar no início, e ficar sem grana nos outros dias.

– Controlem o impulso de comprar tudo que veem pela frente. Tirar fotos no destino sempre será o souvenir mais barato!

– É a lua de mel de vocês, por isso vocês não tem a obrigação de trazerem presentinhos pra todo mundo. Mas se decidirem comprar que seja para os mais especiais!

– Não se esqueça de levar equipamentos de foto e vídeo, cartões de memória, bateria extra, carregador universal, celular, remédios e objetos de uso pessoal, como lentes de contato, por exemplo! Faça uma listinha – sempre ajuda a lembrar!

– Se forem viajar pra um país com cultura diferente veja se com seu comportamento vocês não estarão ofendendo os costumes deles ou mesmo cometendo um crime (em países mulçumanos nada de intimidade em público)!

Onde quer que vocês estiverem, bem longe ou dentro da sua cidade, aproveitem muito cada momento da nova vida de vocês. São momentos únicos e devem ser guardados pra sempre!

 

Tendência 2018- Flores de papel( DIY)

Hoje o assunto está supimpa!!! Tendência de decoração com flores de papel chega com força total no Brasil. O famoso “faça você mesmo” além de lindo, é sustentável e tem um ótimo custo benefício, ou seja, as noivas podem economizar e ainda por cima deixar seu casamento chiquérrimo e com muita sutileza.

Tenho certeza que vocês estão se perguntando que tipo de papel? Todos os tipos de papeis, cores, gramaturas, estampas, até mesmo papel de jornal ou livros fica legal. Papel, é um material econômico, disponível em muitas cores, o que facilita combinar com a paleta que você definir para o seu casamento. Ou seja: é a versatilidade e a boniteza mais acessivel para decorar ambientes no grande dia, seja ele despojado ou clássico. Os locais que podemos utilizá-las para decorar um casamento são infinitos, basta usar a imaginação.

Backdrop

Altar

Cadeira dos noivos

.

Arranjo de mesa

Lapela do noivo

Buquê da noiva

 

A imaginação não para com essas fofuras em papel, tanto que vocês verão agora a junção de duas tendências que casaram super bem, flores de papel e temas tropicais, como, cactus, costela de Adão e suculentas, tudo em papel, essas plantas estão super em alta.

É claro que nós não vamos deixar vocês apenas babando essas lindezas. Disponibilizamos alguns passo á passo para vocês começarem a planejar a decoração de seu casamento.

 

Vale a pena ressaltar que essa tendência de decoração exige tempo de produção, então é necessário se programar com antecedência, não tem como negociar novos prazos. A data do casamento é inegociável.

Fonte imagens: Pinterest.

Boa Sorte!!