Dica Inspiração Seus Direitos

Casando no civil

 

Vamos tirar algumas dúvidas das noivas que optaram pelo casamento no civil. Quais documento são necessários, regime de bens, o que vestir e muitas outras questões que as noivas se esquecem no momento da papelada.

Se vocês optaram pelo casamento civil, esse também merece toda a atenção e não tem porque não comemorar com seus amigos o momento. Não é só porque é civil que deve ser realizado em cartório. A lei permite que os noivos celebrem a união por diligência, precisando apenas tomar algumas medidas simples para que seja válido. Antes casamento no civil significava apenas ir a um cartório assinar os papéis, hoje ele assume uma importância diferente, deixando de lado esse toque frio e pouco intimista e passando a ser uma cerimônia cheia de momentos emocionantes. A verdade é que casar pelo civil está na moda e são muitos os casais que aproveitam esse momento para celebrar seu casamento de outra forma, em um entorno mais descontraído, mas não menos romântico. Então vamos as dicas para vocês entenderem melhor porque nem sempre casamento no civil não precisa ser sempre no cartório.

Existem quatro tipos de casamento civil:

1. Casamento em cartório (é aquele que é celebrado no próprio cartório, pelo juiz e o escrevente).

2. Casamento em diligência (fora do cartório, como num buffet, por exemplo: é quando o juiz de paz e um escrevente vão até o lugar que os noivos escolhem para realizar o casamento).

3. Casamento religioso com efeito civil (realizado na igreja, centro espírita, sinagoga, etc.) Esse foi a minha opção, e acho ela também uma das mais lindas, que é quando escolhemos uma autoridade religiosa para fazer a cerimônia, esse processo todo das assinaturas é realizado durante a cerimônia.

4. Conversão de união estável em casamento(Esse é um processo mais simples e que pode sair mais barato para os noivos e normalmente é feito quando já existe uma relação de convivência entre duas pessoas com o objetivo de constituir família . Porém, não é um casamento. É só um documento de união. Quem quiser partir da união estável para o casamento civil, pode tranquilamente).

Mas em todas as formas, precisarão estar presentes os noivos e uns dois ou mais padrinhos (testemunhas) para assinar os documentos, confirmando que vocês estão casando por livre e espontânea vontade.

Após decidir qual tipo de casamento, comece a organizar seus documentos com antecedência, no máximo 04 meses antes, para o caso de você precisar atualizar a certidão de casamento ou RG. Os documentos em geral são certidões e R.G, mas aconselhamos os noivos a ligarem no cartório para se certificarem, pois os documentos exigidos podem variar de cartório para cartório.

Documento necessários

Solteiro

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos

Divorciado

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos
  • Certidão de casamento anterior com averbação do divórcio
  • Certidão do casamento anterior com a averbação do divórcio
  • Cópia de sentença ou escritura pública de divórcio – É importante comprovar se houve ou não partilha de bens. Caso não tenha esse documento, a separação de bens se torna obrigatória!

Viúvo

  • Identidade dos noivos (RG, CNH, Passaporte, Carteira da OAB, CRM, CRECI, etc) – Cópia original e autenticada
  • CPF original
  • Certidão de nascimento original de ambos
  • Certidão de casamento do primeiro casamento
  • Certidão de óbito do cônjuge falecido
  • Certidão de inventário e partilha se o falecido deixou bens e filhos

Menores de 18 anos é necessário consentimento dos pais.

Regime de Bens

Uma das etapas mais importantes da vida dos noivos, pois é onde decidem o regime de bens e outras questões fundamentais da vida conjugal. Isso deve ser conversando antes de assinar os documentos.

-Regime de comunhão universal de bens

É uma fusão patrimonial. Todos os bens dos noivos, tanto os atuais, quanto os futuros, passam a pertencer a ambos os cônjuges. Nesse caso, todos as decisões acerca de vendas e compra de imóveis deverá conter a assinatura de ambos. Por exemplo, um noivo não pode vender uma casa adquirida antes do casamento sem a assinatura da noiva, pois a partir do momento que casaram, tudo que era dele passou a pertencer a ela também.

-Regime de comunhão parcial de bens

Esse é o regime mais procurado pelos noivos brasileiros, pois nele são partilhados somente os bens garantidos antes do casamento. Tudo que os noivos tinham antes de casar, permanecem sendo deles. Porém, caso o casal deseje se separar no futuro, tudo que eles conquistaram durante o casamento deverá ser partilhado.

-Regime da separação convencional de bens ou regime da separação total de bens

Todos os bens adquiridos antes e depois do casamento permanecem de cada um. Sendo que se o casamento for anulado posteriormente, cada um fica com aquilo que estiver em seu nome.

-Regime da separação obrigatória de bens

Esse regime é o mesmo que o convencional, porém, é aplicado obrigatoriamente para alguns casos específicos, como:

  • Casamento de viúvos que tiverem filhos do cônjuge falecido, enquanto não tiver inventário dos bens do casal, com a partilha aos herdeiros.
  • Casamentos de viúvos ou casamentos anulados, que querem casar antes de completar 10 meses do término do casamento.
  • Divorciados que ainda não decidiram a partilha de bens do casal.
  • Idosos maiores de 70 anos
  • Menores de 16 anos que casaram mediante autorização judicial.

-Regime da participação final nos aquestos

Os bens adquiridos antes e depois do casamento continuam sendo de cada um deles. Porém, caso haja uma dissolução do casamento, haverá partilha dos bens adquiridos durante o casamento.

Alteração de sobrenome

Tanto a mulher quanto o homem podem suprimir um sobrenome. Porém, o cartório só permite que um deles faça essa alteração, sendo que ele deverá manter ao menos um sobrenome de cada família.

 O que vestir?
O casamento no civil pede uma produção mais simples e sofisticada. Procure usar vestidos básicos e discretos. Portanto, nada de abusar de pedrarias, brilhos, véu e grinalda, mas também não vamos apelar para jeans e camiseta,rsrsr!
Casamento no cartório
 .
 .
  .
  .
  .
   .
   .
  .
  .
  .
  .
  .
 Fotos: Rodolfo Corradin
O vestido branco também não é uma regra, mas, é interessante usar tons mais claros na sua festa. Assim você fica com uma carinha de noiva! Também indicamos evitar os vestidos grandes de princesa, pois não combinam com o estilo da cerimônia no cartório.
  .
Casamento no cartório com direito a um almoço/brunch
 
 .
 Agora que já sabe como deixar o casamento civil especial com o estilo de vocês, pode correr para o abraço que não tem mais desculpas para não juntar as escovas de dentes e realizar o sonho do jeitinho e com a cara do casal.
As imagens  foram retiradas do pinterest . Caso alguma delas  seja de sua autoria, entre em contato! Podemos  dar os créditos ou retirá-la do ar, como você preferir.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *