Macramê em casamentos

Não é novidade que sou apaixonada por inspirações boho e vintage, e hoje tem muitas inspirações nessa pegada, porque vamos falar um pouquinho sobre o macramê. Talvez o nome não soe tão familiar, mas nós temos certeza que alguma vez você já viu detalhes e inspirações sugerindo o macramê no casamento. O termo “macramê” significa “nó” e vem da palavra árabe “migramah”, ou “franja ornamental”. A técnica foi difundida no mundo por marinheiros que a utilizavam para criar objetos que permutavam nos locais onde desembarcavam.

Apesar de ser um tipo de arte pré-histórica, o macramê se tornou mais popular nas décadas de 1960 e 1970. Foi uma verdadeira febre nesse período porque tinha muito a ver com a naturalidade do movimento hippie, e tem tudo a ver com os estilos boho, vintage, folk e rústico.

As opções de uso do macramê no casamento são TANTAS que é quase impossível listar todas, da vontade de usar em tudo, mas para ajuda-las iremos listar 10 formas diferentes de usa-las em seu casamento! As para altar são minhas favoritas então coloquei várias possibilidades para inspirações de vocês. O mais importante para se lembrar é que o equilíbrio é essencial. Apostar em muitos itens de uma vez com a técnica pode deixar sua decoração pesada

 

1. Altar

 

 

2. Buquê

 

 

3. Mesa do Bolo

 

 

4. Bolo

 

 

5. Cadeira dos noivos

 

 

6.Mesa posta

 

 

7. Lounge

 

 

8. Acessórios

 

 

9. Backdrop

 

 

 

10.Outros elementos da decoração

 

 

 

 

 

 

O aspecto estético é impecável, mas vocês também devem ter alguns cuidados ao optar por esse material do seu dia. É fundamental levar em consideração o vento e a chuva, caso tenham programado uma cerimônia ao ar livre, já que pode acabar com o efeito que eles podem proporcionar. Se for um casamento em ambiente fechado, não precisam estar tão prevenidos, já que o macramê estará protegido. E, como o tecido não estará em contraste com cores da natureza, vocês pode até investir em um macarmê de outras tonalidades, desde que não polua visualmente o espaço.

 

By
0

You may also like

Leave a Reply