Planejamento

Dicas de como economizar no casamento

O dilema da maioria das noivas: um casamento lindo do jeitinho dos seus sonhos, com charme e romantismo que caiba dentro do seu bolso. Para algumas noivas isso pode não ser um bicho de sete cabeças, mas para outras, talvez um sonho impossível. Falar de orçamento nem sempre é fácil, muita coisa pode variar dependendo da proposta escolhida pela noiva e também do que ela tem como prioridade. Já presenciei casamento sem bolo, outros sem cerimonial, até mesmo sem fotógrafo…Tudo para economizar, não estamos aqui para criticar, inclusive porque acreditamos que o mais importante é casar (união do casal). Mas nesse post, as dicas de como economizar mostradas aqui serão sem prejudicar a qualidade e beleza de um dia tão especial e único.

Para ficar mais fácil vamos listar alguns tópicos que consideramos primordiais e indispensáveis a qualquer casamento e depois seguimos para coisas mais específicas.

-Planejamento

A verdade está em um bom planejamento; se organizar com antecedência é a melhor solução. A primeira coisa a se fazer é traçar um valor limite de quanto você está disposta e que pode gastar. Em seguida monte uma planilha com todos os itens necessários para um casamento e seus possíveis fornecedores, sempre considerando 3 possibilidades de fornecedores para poder comparar valores e disponibilidade. Escolha o estilo de festa e horário, lembrando que quanto mais formal maior o investimento.  Disponibilizamos uma linda planilha para ajudar vocês nesse momento que consideramos tão importante. (baixe sua planilha)

Muitos fornecedores oferecem desconto para pagamento à vista, o que é um bom negócio, você vai economizar uma boa grana, mas é importante ressaltar que se você gastar todo o dinheiro daquele mês pagando um único fornecedor, pode faltar para pagar os outros fornecedores que fizeram pagamentos parcelados. E se não for possível pagar à vista, parcele os gastos de forma que eles caibam no seu orçamento do mês. Compre o vestido em um mês e as bebidas em outro, por exemplo, para não gastar mais do que pode no mês.

Se você fizer reserva com bastante antecedência certifique-se que não haverá mudança significativa no aumento dos preços.

– Prioridade

Dê prioridade ao que você se lembrará no futuro. Fazer um casamento para celebrar a história do casal com as pessoas mais próximas é mais barato do que organizar um grande evento social e é preciso definir prioridades para a festa. Seguindo essa lógica, economizar nas fotos, por exemplo, pode não ser a melhor decisão. O lugar e a música também devem ser escolhidos a dedo, pois definirão a experiência dos noivos e dos convidados.

-Reaproveite

A famosa frase de superstição faz bem sentido agora “algo novo, algo velho, algo emprestado e algo azul”. Foca no algo emprestado. Sabe aquele vestido da sua mãe ou joia de família (amiga)? Ele pode ser modelado e te fazer economizar bastante com uma estilista ou costureira, e você ainda estará trazendo à tona uma linda recordação. Fora acessórios pessoais, você pode pedir emprestado itens de decoração, como uma mobília, aquele quadro maravilhoso da casa da tia, a maquina de escrever e as malas antigas da casa da vovó e muito mais artigos que pode compor o cenário para seu casamento.

-Escolhendo a data

Evite escolher datas próximas aos feriados e períodos de férias como junho, julho, dezembro e janeiro. Esses meses são mais disputados e acaba encarecendo o preço de tudo.

Dias da semana são menos competitivo que os finais de semana. Se for pela manhã ou tarde, melhor ainda, geralmente fica mais fácil de conseguir descontos, falo isso por experiência.

-Lista de convidados

É melhor fazer uma festa bonita para poucas pessoas do que frustrar os convidados. O mini-wedding é a tendência do momento. E claro, algo intimista deixa tudo mais especial já que você terá disponibilidade para acertar em todos os detalhes com muita perfeição. Selecione as pessoas mais importantes de sua vida e a do seu parceiro, como familiares e amigos próximos.

-Buffet

Se a casa de eventos não exigir a contratação de um bufê próprio, prefira contratar um bufê por fora que costuma ser mais barato. Se preferir o jantar completo, escolher pratos sem peixes e frutos do mar sai mais em conta.

De acordo com o horário o cardápio pode mudar. Na parte da manhã, um brunch é uma ótima opção para economizar, um belo café da manhã com frutas, sucos, bebidas refrescantes, mesa de doces e salgados. Pode ser simples, mas é o ideal. E fica bem elegante!

Com relação às bebidas, servir espumante nacional sai mais em conta.

– Locação

A maioria das igrejas cobram taxas pela realização da cerimônia religiosa. Se vocês não fazem questão de que a cerimônia seja em uma igreja, façam a recepção e cerimônia no mesmo lugar. Pedir ao padre ou pastor que realize a cerimônia no local da festa economiza, mais uma vez, com decoração e deslocamento de profissionais.

É caro investir em mobiliário e em todo tipo de estrutura que precisa ser montada, como pisos e toldos em caso de chuva. Se for para montar tudo, às vezes alugar um salão no clube em que já são cobertos, saia mais em conta.

Cuidado com os locais mais afastados do centro, o medo de achar que locar um espaço no centro pode sair caro nem sempre é verdade. Além do deslocamento das peças da decoração ficar mais cara por conta do frete, os seus convidados podem optar por não ir.

É possível economizar no dia da noiva?

Lembre-se disso: sempre é possível economizar, desde que você esteja aberta a fazer concessões. Ao invés de investir em um dia da noiva com itens como massagem e banhos relaxantes, que tal contratar um pacote simples que inclua cabelo, unhas e maquiagem? O luxo de um dia da noiva completo pode sair bem custoso financeiramente falando, e não é efetivamente necessário.

– Faça Você mesma (Diy)

Itens como os convites e as lembrancinhas podem perfeitamente ser feitos por você mesma. Há na internet uma infinidade de tutoriais para conseguir resultados legais e com aspecto profissional. Esses detalhes podem sair bem caros caso sejam feitos por um fornecedor, de modo que você economizará bastante se conseguir se planejar para confeccioná-los. Antes de escolher esta ideia, você deve considerar que precisa de tempo e disponibilidade para se dedicar. A decoração vai depender de pesquisas, orçamentos e compras de diversos itens. Você precisa economizar na compra de tudo, ou a ideia de “faça você mesmo” não vai valer a pena. (link post inspiração flores de papel)

  • Flores de papel

  • Convites

  • Sousplat

 

É bastante possível programar um casamento lindo e barato, os dois juntos. É só ficar atento às dicas, e muito cuidado com os exageros na hora de economizar pois aquela famosa frase “o barato pode sair caro” pode ser aplicada a essa situação. Muitas noivas acham que não contratando um cerimonial vai economizar horrores, mas contratar organizadoras de evento e assessorias profissionais para se encarregar da organização do casamento pode ajudar a baratear a festa. Bons profissionais mantêm relacionamentos com fornecedores e podem ter mais experiência em pechinchar descontos.

Espero que tenhamos ajudado vocês com as diquinhas. Boa sorte!!!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *