Frustrações de um atraso

Bom dia minhas noivinhas, hoje decidir ter um papo de fotografa com vocês. Um dos principais assuntos que me incomoda, e que acontece com muita frequência.

Parece até que a noiva se atrasar no dia do casamento já é tradição. Por mais que o convite para o evento tenha um horário determinado, muitos convidados já preveem que este não será obedecido, criando um suspense entre os presentes e o próprio noivo sobre que horas, finalmente, a protagonista chegará à cerimônia.

Mas ao contrário do que muitas noivas pensam, isso não é nada elegante e nem educado. As noivas precisam entender que, assim como elas não gostam que se atrasem, elas também não podem se atrasar, nem no dia do casamento. O atraso representa mais do que um desrespeito à igreja, como também aos convidados que chegaram no horário para a cerimônia. Chique mesmo é chegar no horário.

ATRASO NO MAKING-OF

São tantas escolhas e providências que são necessárias a serem tomadas e dedicadas durante os preparativos para o casamento que é comum as noivas não se preocuparem e darem a devida atenção à organização dos horários no dia do casório, principalmente durante a arrumação da noiva. Sim, de todos os potenciais momentos do casamento, o dia da noiva é o campeão em atrasos. Por este motivo começaremos por ele. Já reparei que a maior parte dos checklists não destaca a importância de organizar e ter reunião com os profissionais envolvidos no dia da noiva para tudo correr bem, sem correria e sustos, e dar o devido tempo para ser feito aqueles lindos cliques do making of.

Sou fotógrafa e revelo: Essa é uma das maiores dores de cabeça e imprevistos enfrentados no dia do casamento. E tenho um alerta para fazer…
Muitas noivas que fotografei, escolhem a dedo um local para se arrumar e fazer as fotos no dia do casamento. Muitas vezes realizando um investimento alto para reservar aquele espaço, ter sossego e o ambiente render belas imagens. No entanto, já passei por casos em que não pude fazer nenhuma foto antes da cerimônia por causa de atrasos do(a) maquiador(a) e do(a) cabelereiro(a). Me preocupo bastante com essa questão que chego a entrar em contato com o cerimonial, e até mesmo com a própria noiva, digo o tempo necessário que preciso para fazer as fotos, e com quanto tempo preciso que ela esteja pronta antes do “sim”.
Em quase 70% dos casos eles não liberam a noiva no horário que recomendo. Muitas vezes os profissionais se baseiam no horário de início da cerimônia, o que eu acho um erro, e por mais que a gente avise que precisam liberar a noiva antes para as fotos, eles não conseguem.

Esses atraso viram uma bola de neve, acarretando vários transtornos. Como por exemplo, correr o risco de ficar sem uma foto sequer do making of, vale reforçar que um atraso pode não só causar problemas para o fotógrafo, como também pode causar transtornos ainda maiores com a igreja ou mesmo o(a) juiz(a) de paz.  A maioria trabalha com um tempo limite de tolerância para atrasos, o que pode acarretar em multa financeira ou mesmo no cancelamento da cerimônia

ATRASO DOS CONVIDADOS E PADRINHOS

Esse é um dos motivos principais de atraso! A noiva deve pedir encarecidamente, para padrinhos e madrinhas, que estejam meia hora antes em frente à Igreja. E deixe avisado, que caso se atrasarem, não irão entrar como “todos os padrinhos”, pois muitas vezes a noiva já está pronta em frente à igreja, e vários padrinhos estão atrasados! As pessoas ficaram tão acostumadas ao atraso da noiva, que hoje em dia vejo até muita noiva chegando na hora, querendo logo casar, mas tendo que aguardar mais convidados chegarem para não entrar com a Igreja vazia. Se você é convidada de um casamento, pelo amor de Deus, chegue na hora! O correto é chegar uns 30 minutinhos antes, para entrar com calma, cumprimentar os conhecidos

ATRASO NO PERCURSO

Saiba o caminho do lugar onde vai se arrumar até a igreja ou salão de festas. Imprevistos podem acontecer, por isso é importante ter consciência do trajeto e sair com antecedência para evitar problemas com o trânsito, por exemplo.

OUTROS ATRASOS

Todos na igreja, a cerimonialista dá o “ok” para fazer entrada de todos, inclusive da noiva. Só está faltando o padre, que havia esquecido do casamento e estava em outra igreja fazendo uma missa. Isso é possível? Demais, já presenciei mais de uma vez, rsrsrs.

CABELO E MAQUIAGEM

Comece a se arrumar no horário estabelecido, falamos bastante dos atrasos por parte dos fornecedores e muitas vezes a própria noiva não honra com o horário estabelecido para chegar no local de se arrumar, e depois querem colocar a culpa nos fornecedores. É melhor ficar pronta antes do que se atrasar para a cerimônia. Marque cabelo e maquiagem umas 6 horas antes da cerimônia. Parece muito, mas acredite, passa voando

A dica para evitar esse transtorno e correr o risco de ficar sem uma foto sequer do making of, é fazer um planejamento. Converse com o fotógrafo e saiba direitinho quanto tempo ele precisa para fazer essas fotos. Com esse horário em mente, agende com o(a) maquiador(a) e cabeleireiro(a) o horário que você deve estar pronta, calculando uma margem de segurança de pelo menos 20 minutos. Valendo lembrar que o cronograma deve ser feito em cima de uma pesquisa feito com cada maquiador(a) e cada cabeleireiro(a), já que cada profissional demanda tempo diferente para determinados penteado e isso vária muito de um profissional para outro. Outra recomendação importante é fazer o teste de cabelo e maquiagem antes para calcular o tempo de execução. Assim, você e os profissionais conseguirão se planejar certinho para evitar correria e aborrecimento no grande dia.

Muitas mulheres se arrumam com mais gente para o casamento, como mãe e madrinhas, e esse momento é muito gostoso. Mas é importante saber quantas pessoas vão se arrumar juntas para contratar o número certo de cabeleireiros e maquiadores, se for se arrumar junto com a mãe, as madrinhas ou amigas, tenha certeza de que contratou o número suficiente de cabeleireiros e maquiadores. Um profissional com trabalho acumulado pode não obter um resultado satisfatório por causa da pressa, ou gerar atraso;

CONVIDADOS ATRASADOS

Um dos grandes medos de toda noiva é chegar na igreja antes dos convidados. Para evitar que isso aconteça, tanto a igreja quanto a assessoria têm um truque. “Existem as pessoas que nunca vão respeitar o horário e, por acharem que a noiva vai se atrasar, acabam demorando também, por isso, nós orientamos as noivas a colocarem no convite um horário 15 minutos antes do real, ligue para todos os padrinhos e madrinhas no dia do casamento para lembrá-los do horário e da necessidade de serem pontuais. A cerimônia não pode atrasar por conta de um padrinho.

Quero aqui deixar um presentinho, mini check-list de fotografo com momentos que as noivas mais curtem em um casamento.

Escolhendo um fotógrafo

É muita expectativa para seu casamento! E sim, dá muito trabalho fazer tudo, planejar, escolher fornecedores, serviços, vestido, sapato, gravata, terno….e tudo tem que caber no bendito orçamento (não vou nem mencionar a lista de convidados….Oops falei…) Nada disso é tão simples, eu sei porque passei por isso, e hoje o assunto será sobre como eu achei meu fotógrafo. Olhando meu álbum de fotografia, a única coisa que hoje me resta de tudo que organizei há 8 anos atrás, vejo o quanto saber escolher um bom fotografo é importante. Nesse processo você vai escolher um profissional para registrar a materialização de todo planejamento e investimento que vocês fizeram. Meu vestido, a decoração, a música, maquiagem, e claro o delicioso buffet, tudo foi embora. O álbum foi a única lembrança de um dia que passou tão rápido, mas todos os segundos foram perfeitos e sem contar a experiência que é intransferível. Ter ele é poder sentir de novo um pouquinho daquele dia, e as vezes levanto pela manhã, pego meu álbum e passo as folhas, compartilhando esse momento com a pessoa que escolhi para passar o resto da minha vida.

Eu não contratei assessoria e cerimonial, não porque eu não quis ou porque estava com o orçamento apertado, mas sim porque eu nem sabia que existia esse tipo de serviço, pois na época esse tipo de oficio na região era escasso e não muito divulgado. Recomendo a todas as noivas, pois teria facilitado bastante a minha vida, tanto a assessoria visto que precisava muito saber de bons fornecedores, quanto de cerimonial já que me acabei tendo que ir atrás dos meus próprios padrinhos se quisessem que fossem fotografados (uma dor de cabeça, mas isso é assunto para outro post). Lembrando que a palavra de um cerimonial não é a de Deus, o que quero dizer com isso? O cerimonial diz: ” Você vai fechar com o fotógrafo fulano de tal”, e você responde: “sim Senhor”. Um bom cerimonial te dará pelo menos 3 opções de fotógrafos que ele confia, que tem um bom trabalho, e que encaixe dentro do seu orçamento. Você quem deve conversar com esses profissionais e analisar se o trabalhos deles está de acordo com o seu gosto e se vão suprir suas expectativas para criar um livro com suas lembranças.

Minha primeira frustração: o fotógrafo que queria não estava disponível na data do meu casamento, entrei em contato faltando 6 meses, e por este motivo sempre aconselho que procurem seus fornecedores com um ano de antecedência.

Eu não tinha pensado em um plano B (não tinha nem um outro fotógrafo em mente). Mudar a data na igreja não seria uma hipótese, porque foi difícil de agendar e eu não queria adiar mais. Conheci duas amigas que haviam casado recentemente e me indicaram o fotógrafo delas, e claro que não fechei logo de cara, primeiramente fui pessoalmente conferir o trabalho e amei o resultado, depois de algumas análises acabei fechando.

Hoje vejo como eu era ingênua, eu teria pesquisado bem mais, teria organizado e me informado sobre possíveis fornecedores. Não me arrependo da escolha que eu fiz, acredito que se casasse no ano de 2018, o meu fotógrafo estaria sim, na lista de fotógrafos favoritos.

Por vários motivos acabei escolhendo três fotógrafos para cada etapa, rsrsrs. Um para a prévia de casal, outro para ensaio de noiva(sozinha, vestida com o que casei) e outro para o casamento. Amo fotografia, acredito que isso não seria diferente.

ensaio de noiva foto: Aldenor Jr.

prévia de casal Fotos: Felipe Guimarães

Casamento Foto: Leonardo Carvalho

Lembrando que essas fotos foram feitas a mais de 8 anos atrás, com os anos a maioria dos profissionais procuram se reciclar e estudam mudando e adquirindo alguma peculiaridades e personalidades diferentes.

Pensando em vocês coloquei aqui alguns fotógrafos da região para inspiração.

Olhares

Lenni Luz

Rafael Benevides

Leonardo Carvalho

Aldenor Jr

Paulo Santana

7 maiores frustrações das noivas com fotógrafos

Quando comecei há alguns anos no mercado de casamento a fotografia já era vista como um dos itens indispensáveis e vistas como lembranças únicas no mercado de casamentos, mas não havia glamour e muito menos exclusividade. A fotografia estava em um momento de transição do que consideramos apenas um registro para o que nós hoje chamamos de arte. Com o tempo a revolução digital tornou os equipamentos e sobretudo os fotógrafos que se especializaram e acompanharam a esse progresso em verdadeiros profissionais, mediante aos métodos incomuns e particulares que se destacaram no mercado, tornando o seu trabalho de certa forma singular e conseqüentemente uma arte. Ao longo da minha carreira, experiências e pesquisas realizadas pude notar algumas similaridades entre noivas de diversas regiões, independente de nicho, religião ou classe social, milhares de noivas passavam pelas mesmas frustrações e procurando minimiza -las iremos abordar e conscientizar  sobre ela e dar a vocês a eventual forma de não acontecer. Espero que dessa forma ajude-as a decidir na escolha do profissional correto para cada uma.

1- O mais comum de todos “Meu sonho era fotografar com fulaninho, mas acabei contratando beltrano, as fotos dele são lindas mas…..”

Dois fotógrafos podem ter aprendido na mesma escola e seguir o mesmo estilo, todavia cada um tem seu olhar clinico, visões diferentes baseadas em vivencias pessoais, não adianta criar  expectativas no trabalho de outro profissional, porque nenhum um artista alcançara uma obra igual  ao do outro. Frustração na certa contratar um fotografo pensando em outro, se o problema for o orçamento, converse com o fotografo, veja se há possibilidades de tirar alguns itens do pacote que sejam supérfluos ou menos relevantes, busque uma forma de parcelamento mais suave e diferenciado com seu fotógrafo.

2- “passei minha festa toda posando com convidados”

Muitas noivas escolhem por cumprimentar e fotografar todos os convidados nas mesas ou mesa do bolo, isso acarreta horas de um casamento que no auge dura umas 4 horas, além de deixar os noivos super cansados e não aproveitar nada da festa e quando enfim termina a labuta das fotos muitos convidados já estão indo embora, com certeza faria a noiva repensar que se fosse casar novamente faria tudo diferente. Faça uma lista de pessoas da  família, convidados e amigos   que você deseja que sejam registrados no seu álbum, abra a pista de dança e peça para seu fotógrafo fazer fotos espontâneas com todos dançando isso tornará as fotos mais únicas e despojadas.

3- “Não tenho foto com minha vózinha que faleceu um mês depois do evento”

Muitos fotógrafos dizem trabalhar apenas com fotojornalimos em casamentos, esse forma de fotografar busca simplesmente o registro  sem influencia ou ação de intervir sobre determinada cena ou dado momento do casamento, o fotografo irá documentar o que ele enxerga. O fotojornalismo trouxe muita polêmica porque de certa forma estaria descartando as fotos posadas com a família. Não clicar familiares e amigos querido pode frustrar bastante e trazer um grande arrependimento. Converse com o profissional antes de contratá-lo, peça informações sobre a forma de como ele trabalha,  perguntar não arranca pedaço, só assim você saberá se aquele é o profissional correto para seu casamento. Para facilitar veja com seu cerimonialista para elaborar uma lista de pessoas que não podem faltar em seu álbum, faça um checklist, acontece bastante de esquecer de chamar alguma pessoa querida, e por muitas vezes as mesma ficam chateadas por não ter  feito nenhuma fotinha com essa pessoa.

4- “Já faz mais de 3 meses que casei e ainda não vi minhas fotos do casamento”

Tem se alastrado a má fama de que fotógrafos são enrolados, mas entenda que um fotografo pode demorar mais de 70 horas no tratamento de edição de imagens para finalização de um álbum de casamento dependendo do estilo do profissional. Além disso o fotógrafo tem também outras atividades semanais corriqueiras interligadas ao seu negocio, porém esse tempo tem um limite, é claro que você não irá aguardar pelo resta da vida. Deve ser conversado e colocado em uma clausula em contrato para definir um tempo para essa espera, de acordo com minha experiência um prazo de ate 60 dias são perfeitamente aceitáveis .

5- “O fotografo que contratei tem fotos belíssimas, mas as minha não ficaram legais mesmo eu tendo enviado centenas de fotos como referência” .

Dê liberdade ao fotografo que você contratou para criar, deixe-o livre para que ele possa trabalhar o estilo dele. quando não damos abertura para um artista desenvolver aquilo que ele sabe, fazendo com que copie trabalho de outros profissionais da área isso acarreta insegurança  porque você não está confiando no trabalho dele, essa situação pode se torna uma experiência traumática. Se você tem alguma ideia exponha para o profissional, mas não peça a ele que faça uma cópia de uma foto.  Permita que ele crie lembranças únicas do casal, deixe o artista desenvolver a criação e criatividade dele. Quando damos livre-arbítrio a um artista as possibilidades de invencionista se tornam muito maiores e então nascerá um obra única. O boicote artístico é uma das principais angustias dos fotógrafos.

6-  “Não me senti a vontade com o fotógrafo que contratei no dia do meu casamento”

Devido a correria do dia a dia, muitas noivas tem adquirido o hábito de pesquisar pela internet e fazer o pedido de orçamento pelo mesmo, não vejo nenhum problema até ai, acredito que seja uma das primeiras etapas para se começar a pesquisa. Após essa primeira pesquisa visando melhor custo benefício, procurando fotógrafos que possui um estilo baseado no seu gosto  e que se encaixe dentro do seu orçamento, aconselharia uma visita pessoalmente ao profissional para conhecê-lo melhor, esse primeiro contato é primordial para analisar atitudes e índole do profissional. Vamos parar  para pensar que o profissional de fotografia é o que permanece com a noiva por mais horas que qualquer outro profissional no dia do casamento, e mantendo contato durante todo esse período, desde o momento em que começa a se arrumar até o final da festa, ah, e não acaba por ai não, após o casamento você ainda o verá várias vezes, ele é o último fornecedor que você irá se livrar,  por este e outros motivos é  de suma relevância que haja uma interação mútua, e que a noiva se sinta bem com aquele profissional.

7- “Fechei com o fotografo que minha amiga contratou para seu casamento pois ela super me indicou,  no dia da escolha de minhas fotos fique arrasada com o resultado.”

Indicações são sempre bem vindas, é a prova real que a empresa é responsável e que o fotografo é um bom profissional, mas a pergunta que não quer calar é, você pesquisou antes para saber se o fotografo estava de acordo com seu gosto e estilo? gosto é muito relativo, cada um tem o seu. É muito comum noivas aceitarem indicações e fecharem com um fotógrafos sem analisar o trabalho do profissional. Procure ver site e redes sociais das empresas indicadas é sempre bom conhecer o estilo do fotografo, fotografia não é tudo igual, cada fotografo tem um perfil de cores e enquadramento individual , olhar diferente, isso muda tudo.

Espero que essas dicas ajudem todas você no momento de escolha dos seus profissionais

Boa sorte meninas

Nunca será tarde enquanto houver amor

Hoje resolvi escrever um post sobre fotografia, a minha área preferida, rsrsrs. Quando ouço a palavra fotografia, o som bate lá na alma e volta e trás uma imensidão de emoções. Recentemente me deparei com uma imagem que me fez refletir, um ensaio realizado pela fotografa Camila Lima de lá de Vitória – Espírito Santo. As fotos são de um casal que está completando 60 anos de casados. Gente, vocês sabem o que é 60 anos de casamento? Pois é, não é nem metade do que já vivi. Em comemoração as bodas de diamantes um lindo ensaio para contar a história desse casal foi realizado em Matilde, município de Alfredo Chaves. O local escolhido tem importante significado por que foi ali onde tudo começou. Faustino Bergamin, de 82 anos, e Penha Bergamin, de 80, são descendentes de imigrantes italianos, o casal Bergamin nasceram, cresceram, se casaram e tiveram filhos em Matilde.  Há mais de 40 anos eles se mudaram para a capital do Espírito Santo, mas para a concretização do ensaio decidiram que retornariam aquele lugar porque foi em Matilde que tudo começou. Estar na cidade é relembrar as memórias da união quando eles disseram ” sim” no dia 18 de maio de 1957.

“Nos conhecemos desde crianças. Quando ainda pequenos, íamos para a escola juntos. E assim a nossa ligação foi ficando cada vez mais forte. Para melhorar, nós morávamos próximos. Lembro que quando jovens, gostávamos de ir a bailes juntos”, relembra Faustino.

 

 

As fotos todas foram realizadas em locais de importante significado para os dois conta o casal.

A fotógrafa Camila Lima conta que o casal quando jovem nunca fizeram um ensaio desse jeito devido a época e questões financeiras. “Por isso a idéia de fotografar no local onde tudo começou. Fotografamos até na igreja onde ele ajudou a construir e onde eles se casaram. O ensaio foi super divertido. Eles são bem dispostos, atenciosos um com o outro, carinhosos e, de longe, dá pra ver o segredo dos 60 anos”.

 

Ainda muito animada, Camila diz que o casal aproveitou a oportunidade para dar uns beijinhos, “Ele ficou todo animado! Disse que tinha tempo que ela não beijava ele [risos].

Fiquei encantada com o trabalho dessa fotografa e mais ainda com a história desse casal.

Isso nos leva a meditar e se perguntar por que os casamento não duram da mesma forma que antigamente. As pessoas querem fórmulas mágicas se baseando em casais de sucesso, não sabendo que a fórmula para cada casal seria diferente, cada cabeça é um mundo e juntar esses dois mundos é difícil. A partir do momento que o casal entender que tudo só será resolvido apenas entre eles dois, e que não há formula e que o segredo está neles mesmo, tudo fará mais sentido. Entender, escutar, não impor, tudo isso é complicado, o anseio que seja feita nossa vontade normalmente se torna um bem maior na nossa cabeça, mas quando nos casamos por amor e esse amor é verdadeiro, nós cedemos, mas por que cedemos? Magoar quem nós amamos é nos magoar, o amor nos uni a um ponto de realmente nos tornamos apenas um e as vezes a dor de ceder é bem menor do que a dor de magoa quem nós amamos.

Fotografia: Camila Lima